Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Confiança do setor de construção nos EUA sobe em agosto

Índice da Associação Nacional dos Corretores de Imóveis atingiu 18 pontos, melhor patamar em 14 meses

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

17 de agosto de 2009 | 14h27

A confiança entre os construtores norte-americanos melhorou em agosto e atingiu o maior nível em mais de um ano, embora continue abaixo do patamar em que as expectativas de aumento das vendas superam as estimativas de queda. Segundo a Associação Nacional dos Corretores de Imóveis ou NAHB, na sigla em inglês, mostrou que o índice do mercado imobiliário, que mostra a expectativa de vendas de residências novas para uma única família, subiu um ponto para 18 em agosto, nível não atingido desde junho do ano passado. É a quinta alta seguida do índice este ano.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

 

O NAHB disse que a melhora na confiança dos construtores está relacionado ao grande uso de um programa que oferece benefícios fiscais aos compradores do primeiro imóvel. Mas há preocupação com o que acontecerá com o mercado após o vencimento do programa, previsto para 30 de novembro. "A questão é saber o que acontecerá depois - se haverá fôlego suficiente para manter o mercado movendo-se em direção a uma recuperação", disse o presidente da NAHB, Joe Robson.

 

Os construtores, de todo modo, demonstram otimismo. Um componente do índice NAHB que avalia as expectativas de vendas para os próximos seis meses subiu para 30 em agosto. Mas o componente ainda está abaixo de 50, indicando que o número de construtores que esperam queda nas vendas supera os que preveem aumento. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAconstrução civilconfiança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.