Confiança dos empresários paulistas sobe de 49% para 77%

Pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo divulgada hoje indica aumento da confiança do empresariado para os seus negócios este ano. Segundo o levantamento realizado em julho, 77% das companhias disseram estar "confiantes", contra 49% em março. O conjunto de empresas "muito confiantes" saltou de 1% para 5%, enquanto as "pessimistas" caíram de 28% para 10%. A pesquisa ouviu 64 sindicatos patronais, entre 19 de julho a 3 de agosto. Segundo o diretor da Fiesp, Cláudio Vaz, é a melhor avaliação da indústria paulista deste 2004. De acordo com a sondagem, 58% das empresas estimaram, em julho, aumentar a produção para o ano, enquanto que em março o índice era de 35%. Em termos de faturamento, a expectativa de aumentou subiu de 34% para 55%. No conjunto dos empresários que esperavam queda de faturamento, o índice retrocedeu de 24% para 12%.No que se refere a margem de lucro, 17% das indústrias estimaram aumento, em julho, contra 9%, em março. Entre os que previam queda da margem, o recuo foi de 50% para 34%. A sondagem indicou ainda que 28% esperam aumento de emprego, contra 14% em março. Entre os que projetavam queda de emprego, houve diminuição de 36%, em março, para 13% em julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.