Confiança e uso da capacidade da indústria caem em janeiro

A confiança da indústria brasileira caiu 1,5 por cento em janeiro sobre dezembro, em razão de uma menor avaliação sobre a situação atual, e o nível de uso da capacidade do setor diminuiu, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgada nesta segunda-feira.

REUTERS

31 de janeiro de 2011 | 09h50

O índice caiu de 114,5 em dezembro para 112,8 pontos, com ajuste sazonal.

"A confianca do empresariado industrial volta a cair após ter alcançado, em dezembro passado, o nível mais elevado do segundo semestre de 2010. Apesar da queda, o índice se mantém em patamar elevado e superior à média histórica de 101,6 pontos", disse a FGV em nota.

O componente de situação atual declinou 3,5 por cento, para 112,1 pontos, o menor patamar desde dezembro de 2009. Por outro lado, o de expectativas subiu 0,7 por cento, para 113,6 pontos.

A sondagem mostrou ainda que o nível de utilização da capacidade instalada da indústria (Nuci) caiu de 84,9 por cento em dezembro para 84,7 por cento em janeiro, com ajuste sazonal.

"O indicador atual está 0,7 ponto percentual abaixo do de junho de 2010 (maior nivel do ano)", acrescentou a FGV.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFGVINDUSTRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.