Confiança econômica cai na zona do euro em janeiro

A confiança econômica na zona do euro diminuiu em janeiro, pressionada pelos setores de serviços e de varejo, enquanto as expectativas de inflação dispararam entre empresas e consumidores.

JAN STRU, REUTERS

27 de janeiro de 2011 | 08h47

A pesquisa mensal da Comissão Europeia mostrou que a confiança econômica nos 17 países que usam o euro caiu de 106,6 para 106,5, abaixo das previsões de 107,0.

Embora a confiança da indústria tenha subido 6 pontos, ante 4,9 em dezembro, a confiança do setor de serviços caiu de 9,6 para 9,2. A confiança do consumidor foi de menos 11 para menos 11,2.

O varejo teve a maior queda de otimismo, de 4,5 para 0,1, enquanto a confiança da construção melhorou ligeiramente, de menos 26,5 para 26,0.

Contudo, o indicador de clima de negócios para a zona do euro, que indica a fase do ciclo empresarial, subiu de 1,38 para 1,58 em dezembro.

A pesquisa da Comissão também mostrou um forte aumento nas expectativas de inflação ao consumidor para os próximos 12 meses, com o índice alcançando 20,9, ante 15,1 em dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROPACONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.