Confirmado leilão da Varig em 60 dias

Marcelo Gomes, diretor da Alvarez & Marsal, consultoria responsável pela reestruturação da Varig, informou hoje que já existem mais de dez grupos interessados em participar do leilão da Varig doméstica. A proposta de cisão da companhia aérea em duas empresas: uma para atuar no mercado doméstico e outra no internacional foi apresentada hoje oficialmente aos credores. A intenção foi dar tempo aos credores para que analisem a oferta antes da assembléia que votará o tema na próxima segunda-feira.Gomes informou que o leilão irá ocorrer daqui a 60 dias e que o preço mínimo deve girar em torno de US$ 700 milhões. Segundo ele, os estrangeiros poderão participar dos consórcios interessados no leilão desde que não ultrapasse o limite de 20% do capital estabelecido pela legislação do setor.Ele acredita que a proposta de cisão da companhia aérea é positiva ao permitir uma injeção de recursos na nova empresa, a Varig Internacional. Isto porque, os recursos oriundos do leilão da parte doméstica irá para o caixa da Varig Internacional. Segundo ele, os credores receberam bem a proposta.Em teleconferência, o diretor informou que o banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá conceder um financiamento de US$ 100 milhões à Varig até o leilão, como forma de antecipação de crédito. Se a proposta for aprovada, o BNDES irá divulgar na terça-feira as condições do empréstimo. A decisão da VarigLog de retirar sua oferta de compra da companhia não surpreendeu o executivo. Entretanto, o executivo não descarta o interesse da VarigLog no leilão da parte doméstica. Pela proposta apresentada oficialmente aos credores hoje, a Varig Doméstica a ser leiloada ficará com 36 aeronaves e a Internacional com 19 aviões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.