Conflito entre Israel e Líbano empurra dólar para cima: R$ 2,220

O dólar pronto na roda da BM&F ampliou a volatilidade na tarde desta quinta-feira e fechou nesta quinta-feira cotado a R$ 2,220, em alta de 1,05%. O pronto atingiu a máxima do dia (de R$ 2,223, alta de 1,18%) pouco antes do fechamento, influenciado pela piora das Bolsas em meio ao acirramento da tensão no Oriente Médio, após os ataques do Israel contra o Líbano.A apreensão com os conflitos geopolíticos sustenta também recordes do petróleo e estimula a migração de investidores das Bolsas em NY e da Bovespa para os mercados de juros e câmbio, cujas taxas estão pressionadas.Na roda da BM&F, o pronto abriu em alta de 0,55%, a R$ 2,209; oscilou 0,93% entre a mínima de manhã de R$ 2,2025 (+0,25%) e a máxima à tarde de R$ 2,223 (+1,18%).O giro financeiro foi mais forte hoje. Foram registrados US$ 395 milhões, com 62 negócios. No balcão, o pronto estava na máxima de R$ 2,222, alta de 1,00%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.