Congresso aprova redução de meta de superávit primário

O Congresso Nacional aprovou hoje o ajuste da meta de superávit primário fiscal (economia feita para manter em dia o pagamento dos juros para evitar o crescimento da dívida pública) de 3,8% para 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009. No entanto, os parlamentares aprovaram uma emenda ao texto que aumenta a redução do superávit possível para utilização pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de R$ 15,5 bilhões para R$ 28,5 bilhões. Se forem retirados R$ 28,5 bilhões, por exemplo, a meta do superávit cai de 2,5% para 1,56% do PIB.

CAROL PIRES, Agencia Estado

30 de setembro de 2009 | 13h58

Também foi aprovado hoje pelo plenário a liberação da segunda compensação prometida pelo governo às prefeituras devido à queda no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), no valor de R$ 1 bilhão. A primeira parcela liberada a prefeituras no primeiro semestre também foi de R$ 1 bilhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.