Congresso espanhol aprova Orçamento para 2013

O Congresso dos Deputados da Espanha aprovou na quinta-feira um Orçamento histórico para o ano de 2013, que inclui medidas de austeridade extremamente duras e um ajuste de 39 bilhões de euros, segundo informações do site espanhol El Economista. A aprovação, no entanto, ocorreu com a oposição totalmente contra os planos e apenas porque os partidos do governo controlam o Congresso.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

21 de dezembro de 2012 | 09h17

Os partidos da oposição criticaram o Orçamento por não ser real com relação à previsão de receitas e por conter medidas antissociais e injustas, de acordo com o jornal El Mundo. Logo após a aprovação dos planos, sindicatos convocaram um "cortejo fúnebre" para protestar contra o que classificaram como "o Orçamento da fome e da miséria".

Mais de mil pessoas se concentraram nos arredores do Congresso no fim do dia em Madri e colocaram velas diante de uma barreira de policiais que impedia os manifestantes de entrar no edifício.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaorçamentoaprovação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.