Conoco anuncia lucro 4 vezes maior no 2º trimestre e venda de fatia em companhia russa

Ganho de US$ 4,1 bi no período foi ajudado por alta das commodities e volta ao lucro nas operações de refino

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

28 de julho de 2010 | 10h54

A ConocoPhillips, terceira maior companhia de petróleo dos Estados Unidos em valor de mercado, anunciou ganhos no segundo trimestre deste ano mais do que quatro vezes maiores do que no segundo trimestre de 2009, devido a preços de commodities mais altos e ao retorno à lucratividade em suas operações de refino. Os resultados superaram as expectativas.

O lucro da Conoco no segundo trimestre foi de US$ 4,16 bilhões (US$ 2,77 por ação), ante US$ 900 milhões (US$ 0,57 por ação) no mesmo período de 2009. O resultado deste ano incluiu ganhos de US$ 1,10 por ação. Analistas sondados pela Thomson Reuters previam ganhos de US$ 1,56 por ação. A Conoco não publicou os números sobre a receita.

A companhia também informou que alcançou um acordo para vender cerca de 40% de sua participação na petroleira russa Lukoil Holdings e revelou planos para vender toda a fatia que possui na empresa até o final deste ano, ao contrário dos planos anteriores de apenas reduzi-la à metade. A Conoco detém 20% da companhia russa e a parcela inicial dessa participação será vendida por US$ 3,44 bilhões à própria Lukoil. O acordo deverá ser fechado ainda neste trimestre. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.