Conselho da China Southern aprova compra de jatos Embraer

O conselho de diretores da China Southern Airlines aprovou, em princípio, o plano da empresa de comprar seis jatos da Embraer e 21 aviões da Airbus. Cada aeronave produzida pela Harbin Embraer, a parceria da empresa brasileira na China, custa cerca de US$ 20 milhões, segundo informou a China Southern. As ações da companhia caíram 2,6%, na Bolsa de Pequim, com os investidores avaliando que a ampliação da capacidade será benéfica para os negócios da empresa no longo prazo, mas pode trazer um pesado custo financeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.