Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Consignado garante lucro a bancos médios

Mudança de regras no crédito para pensionistas ajudou instituições

Ivana Moreira, BELO HORIZONTE, O Estadao de S.Paulo

12 de agosto de 2009 | 00h00

A mudança nas regras do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) garantiu números recordes para bancos focados na modalidade. O mineiro Bonsucesso divulga hoje um lucro líquido de R$ 51,3 milhões no primeiro semestre. O resultado é 571,48% maior que os R$ 7,6 milhões apurados no mesmo período do ano passado. É o melhor resultado da história da instituição financeira. "Para quem saiu de uma crise, é um número fantástico", comentou o presidente do banco, Paulo Pentagna Guimarães. A margem consignável, valor máximo da renda que pode ser comprometida pelas parcelas do empréstimo, estava limitada a 20%. O aposentado podia comprometer outros 10% com o cartão de crédito consignado, produto com demanda menor. Para estimular o crédito no pós-crise, o governo liberou os 30% para empréstimo direto. Como outros bancos médios, o Bonsucesso chegou a demitir 100 funcionários, prevendo tempos difíceis em 2009. Mas a tempestade não veio. A carteira total de crédito do Bonsucesso subiu de R$ 1,466 bilhão, em junho de 2008, para R$ 1,931 bilhões em junho de 2009. O BMG, líder da modalidade, demitiu em torno de 500 trabalhadores no fim do ano passado. Mas também cresceu no semestre. O banco, que também é mineiro, divulgou um lucro líquido de R$ 176 milhões no primeiro semestre , resultado 16,3% superior ao do mesmo período do ano passado. A produção do semestre chegou a R$ 3,640 bilhões. A carteira total cresceu 12,4%, atingindo R$ 15 bilhões. O empréstimo para aposentados e pensionistas representa entre 60% e 70% da carteira dos bancos focados na modalidade do crédito consignado. Segundo o presidente do Bonsucesso, o aumento da produção dos bancos provou que havia uma "demanda reprimida" por empréstimo. Para Guimarães, a criação, por parte do Banco Central, dos Depósitos a Prazo com Garantia Especial (DPGE), também contribuiu para os lucros. "A medida restabeleceu a confiança e a liquidez para os bancos médios." O Mercantil do Brasil, outro banco aposta no consignado, ainda não divulgou seus resultados. Mas surpreendeu ao arrematar cinco lotes no leilão da folha de pagamento do INSS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.