Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Consórcio: cresce interesse do consumidor

De acordo com dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), a venda de veículos por consórcio cresceu 23,3% no primeiro trimestre do ano, na comparação com o mesmo período de 2000. Segundo apuração da editora Carla Franco, o resultado inclui as vendas de motocicletas, automóveis e veículos pesados. Veja a pesquisa completa no link abaixo.A facilidade da operação é um dos motivos para o aumento da demanda pelo produto. Vale destacar que consórcio não é um tipo de crédito, pois não há uma antecipação do bem em troca de uma taxa de juros, como acontece nos financiamentos. Nos consórcios, os participantes contribuem mensalmente para um fundo que é usado para comprar o bem para um ou mais consorciados naquele período e, aos poucos, todos recebem o bem. O consorciado pode receber este bem no primeiro ou no último mês do plano, sendo que começou a pagar junto com todos. Por isso, não se pode comparar o custo do consórcio com o custo do crédito. Juro é a remuneração paga por quem está usufruindo um benefício antecipado. No consórcio, a taxa de administração é o valor pago para a administradora gerenciar o processo e assumir os riscos do negócio. Vantangens e desvantagensConsórcio somente é bom negócio para quem recebe o bem nas primeiras reuniões do grupo, seja por sorteio ou por fazer um lance maior que os demais. Desta forma, estará usando o dinheiro dos outros consorciados, que nada recebem de remuneração pelas quantias depositadas para o grupo, para bancar sua aquisição.O principal risco no setor de consórcio é a idoneidade da administradora. O consorciado deve se informar sobre a saúde financeira da empresa e verificar no Banco Central se a empresa está autorizada a atuar neste segmento e se não tem nada que a desabone até o momento. Entenda mais sobre o funcionamento do consórcio de veículos e suas vantagens e desvantagens em relação ao financiamento na Cartilha de Crédito. Veja no link abaixo.

Agencia Estado,

16 de maio de 2001 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.