Consórcio pede liberação de parcela

O consórcio de bancos que opera o financiamento para a construção da Usina Hidrelétrica de Jirau enviou ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na última sexta-feira o pedido de liberação de recursos da primeira parcela do empréstimo. A soma de R$ 470,3 milhões faz parte do financiamento global de R$ 3,585 bilhões. O pedido foi entregue pelo Banco do Brasil em nome do grupo formado também pela Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Itaú BBA e Bradesco. O empréstimo foi contratado pela Energia Sustentável do Brasil (Suez, Camargo Correa, Chesf e Eletrosul).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.