Consórcio PR/SC vai à Justiça contra leilão de rodovias

O consórcio PR/SC, que participou do leilão de rodovias federais realizado no dia 9 de outubro, deve questionar na Justiça o resultado da disputa. "Nossa intenção é recorrer à Justiça. Ainda hoje, os sócios do consórcio vão-se reunir para confirmar se essa será nossa estratégia", informou o executivo Danilo Pitta, porta-voz do PR/SC.A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou no final da tarde que rejeitou todos os 19 recursos administrativos que questionavam os resultados do leilão. O consórcio PR/SC - desde o início um dos principais questionadores do processo - havia encaminhado à ANTT uma ação contra a vitória da espanhola OHL no trecho Curitiba-Florianópolis (BR-116, 376 e 101). O PR/SC, que ficou em terceiro lugar na disputa por esse lote, sustenta que o preço de pedágio proposto pelos espanhóis (R$ 1,028 por praça) não seria suficiente para custear a manutenção das rodovias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.