Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Construção de casas volta a crescer nos EUA

O número de novas construções residenciais subiu inesperadamente em outubro nos EUA, a primeira elevação em quatro meses. Entretanto, a recuperação é acompanhada por um indicador bastante negativo quanto à atividade futura. O número de permissões concedidas em outubro para novas construções caiu ao menor nível em 14 anos, informou o Departamento do Comércio americano.O número de novas construções iniciadas subiu 3% em outubro, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 1,229 milhão de unidades, após queda de 11,4% em setembro. A elevação surpreendeu os economistas, que esperavam queda de 0,9%. A última vez que o número de novas construções residenciais subiu foi em junho.Por outro lado, o número de permissões concedidas para novas obras residenciais caiu 6,6% em outubro, para a taxa anual de 1,178 milhão, a mais baixa desde julho de 1993. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.