Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Construção de moradias cai,mas permissões têm forte alta nos EUA

Os inícios de construção de moradias nos Estados Unidos caíram em fevereiro, mas as permissões para futuras construções saltaram para o maior nível desde outubro de 2008, de acordo com um relatório do governo divulgado nesta terça-feira, que mostrou uma melhora constante no mercado imobiliário.

REUTERS

20 de março de 2012 | 09h52

O Departamento do Comércio informou que os inícios de construção de moradias caíram 1,1 por cento, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 698 mil unidades. Os inícios de construção de janeiro foram revisados para 706 mil unidades, ante as 699 mil previamente informadas.

Economistas consultados pela Reuters previam que os inícios de construção de moradias tivessem pouca variação, para 700 mil unidades. Comparada a fevereiro do ano passado, a construção residencial teve alta de 34,7 por cento, o maior aumento anual desde abril de 2010.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAMORADIAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.