Consulta à restituição volta a ser feita só com CPF

A Receita Federal decidiu acabar com a exigência da apresentação do número do recibo de entrega da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2004 para a consulta na Internet ao primeiro lote de restituição. A exigência provocou hoje uma pane no sistema e obrigou a Receita a tirar do ar, às 17 horas, o aplicativo de consulta ao lote. Segundo o supervisor nacional do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir, a consulta estará disponível novamente às 20 horas de hoje, sem que o contribuinte precise digitar o número do recibo. Com a mudança no sistema, a Receita vai informar apenas se o contribuinteestá ou não incluído no lote. A exigência esse ano do recibo da entrega da declaração, além do número do CPF, tornou mais lento o acesso dos contribuintes e provocou o congestionamento no sistema. Antes da mudança, o contribuinte recebia informações mais completas, como o acesso ao extrato das últimas cinco declarações. Segundo Adir, a Receita estava exigindo o número do recibo para dar mais segurança ao sigilo dos dados dos contribuintes. O supervisor informou que a Receita vai estudar o procedimento que adotará nos próximos lotes.Site da Receita Federal

Agencia Estado,

09 de junho de 2004 | 18h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.