Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Consulta por telefone à restituição do IR volta a funcionar

O serviço de consulta por telefone ao 1º lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2004 já voltou a funcionar, depois de ficar fora do ar no sábado. De acordo com a assessoria da Receita Federal, a empresa terceirizada responsável pelo atendimento conseguiu resolver os problemas técnicos que impediam o acesso automático às informações sobre a restituição. Segundo o Supervisor Nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, o sistema foi tirado do ar no sábado para evitar que o contribuinte continuasse sendo obrigado a pagar mais pela ligação. Quem ligava para o 0300-78-0300 era obrigado a falar com a atendente e, segundo a Receita Federal, nesse tipo de atendimento personalizado a demora é maior. Como as ligações para o Receitafone são pagas, o custo para o contribuinte aumentou. Por telefone fixo, paga-se R$ 0,30 por minuto de ligação. Se a ligação for feita de um celular, o preço por minuto é mais caro, de R$ 0,77. Pelo telefone, a única informação que o contribuinte recebe é se seu nome está ou não no primeiro lote de restituições do Imposto de Renda, que estará disponível em conta corrente no banco indicado a partir do dia 15 e virá corrigido em 2,23%. Essa mesma informação pode ser obtida via internet no site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br). Esse sistema não apresenta mais os problemas técnicos que levaram a uma pane na quarta-feira, segundo Adir. Tanto para a consulta via internet quanto para obter informações por telefone, é necessário que o contribuinte saiba informar o número do CPF. A Receita estima que existam 6 milhões de contribuintes com direito à restituição. Desse total, somente 1,297 milhão foram incluídos no primeiro lote. Outra novidade este ano foi a preferência dada aos idosos com mais de 60 anos. Quase a totalidade deles vai receber na frente dos demais. Do total de contribuintes beneficiados no primeiro lote, 749.159 são idosos com mais de 60 anos.

Agencia Estado,

13 de junho de 2004 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.