Consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito crescem 1% no mês

O número de consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) aumentou 1% em fevereiro sobre o mesmo mês do ano passado. Já o UseCheque apresentou queda de 1,8% no mesmo período. Os dados foram divulgados esta tarde pela ACSP de acordo com os indicadores do Instituto de Economia Gastão Vidigal. No segundo mês do ano, o SCPC recebeu 1.333.953 consultas ante 1.320.708 de fevereiro de 2003. Já a utilização do UseCheque passou de 1.505.161 em fevereiro do ano passado para 1.478.068 no mês passado. Na avaliação do presidente da ACSP, Guilherme Afif Domingos, o desempenho do varejo foi prejudicado em fevereiro, comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, pelo carnaval e pelas chuvas que atingiram a cidade no mês. "O mês também foi afetado por conta do impacto negativo da decisão do Copom de manter a Selic (a taxa básica de juros da economia) em 16,5% ao ano. Isto, no entanto, foi compensado por um dia a mais no mês em função de este ser um ano bissexto", disse. A ACSP revelou também que houve 77.971 títulos protestados em fevereiro, o que significa uma queda de 17,2% ante o mesmo mês do ano passado. No mesmo mês também foram requeridas 413 falências, das quais 81 foram decretadas. Das quatro requisições de concordata, apenas uma chegou a ser consolidada.

Agencia Estado,

01 Março 2004 | 15h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.