Consumidor que atrasar aluguel ficará com nome sujo em SP

Nova lei determina que devedor de condomínio também será incluído em cadastro de inadimplentes

Da Redação,

22 de julho de 2008 | 12h21

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), sancionou nesta semana a lei que determina que quem atrasar o pagamento do aluguel ou do condomínio terá o nome incluído em cadastros de inadimplentes, como o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).  A nova medida foi publicada nesta terça-feira, 22, no Diário Oficial do Estado. Pela lei, em caso de inadimplência o proprietário do imóvel pode protestar a dívida. Com isso, o locatário fica com o nome sujo.  Autora da lei, a deputada Maria Lúcia Amary (PSDB) diz que apenas a inadimplência de condomínio chega a 10% no Estado. "Não é justo que os outros 90% paguem a conta."

Mais conteúdo sobre:
InadimplênciaAluguel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.