Consumidor tem 2 fórmulas para calcular meta

O núcleo executivo da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE) está reunido neste momento no Palácio do Planalto para decidir os critérios de escolha das cidades que terão a meta de economia de energia revista por causa da necessidade de aumento de consumo no Verão. Uma das decisões é de que os consumidores residenciais e comerciais das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste poderão optar entre duas fórmulas de cálculo para meta de consumo de energia. Eles podem considerar uma redução do consumo de 20% sobre a média dos meses de dezembro de 2000, janeiro e fevereiro de 2001 ou observar as regras anunciadas no dia 21 de novembro, que determinam meta de economia de 12% e 7% nas regiões Sudeste e Centro-Oeste e de 15% e 12% no Nordeste sobre os meses de maio, junho e julho de 2000. Para o consumidor, poderá ser aplicada a fórmula que garanta o maior consumo de energia, segundo explicou há pouco o presidente da Câmara de Gestão da Crise de Energia (GCE), Pedro Parente.

Agencia Estado,

04 Dezembro 2001 | 18h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.