Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Consumidor vai às compras, mas inflação ainda pesa

As liquidações da coleção de inverno achataram os preços dos artigos de vestuário neste mês. Marli Fávaro, de 48 anos, que trabalha com o transporte escolar, aproveitou a oportunidade para ir às compras, mas reclama da alta de custos do óleo diesel, que pesa em seu negócio.Acompanhada da filha, Caroline Angelucci, 25 anos, Marli gastou R$ 250 em itens de perfumaria, cama, mesa e banho, dos quais R$ 190 foram pagos em três vezes no cartão de crédito. A facilidade do crédito alivia uma renda apertada pelos aumentos do combustível. ''Faz três anos que eu não aumento o preço da mensalidade cobrada dos pais, mas o diesel subiu 30% no período.'' Como motorista escolar autônoma, Marli ganha R$ 3.400 no mês e gasta R$ 400 com combustível. Na outra ponta, cobra dos pais R$ 80 de mensalidade, em média, na região da Casa Verde.

Paulo Justus, O Estadao de S.Paulo

28 de agosto de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.