Consumidores do RS movem ação contra reajuste de telefonia

O Movimento das Donas de Casa do Rio Grande do Sul e a Federação das Associações de Aposentados ingressaram esta tarde com uma ação coletiva na Justiça estadual contestando o reajuste médio de 28,75% das tarifas de telefonia fixa. A ação é endereçada à Brasil Telecom. O advogado que representa as entidades, Cláudio Pires Ferreira, explicou que a medida questiona os contratos entre a operadora e os consumidores, argumentando o excesso de vantagens às companhias, em prejuízo dos usuários. Ferreira observou que a ação é semelhante ao pedido protocolado na Justiça do Rio de Janeiro, onde foi deferida uma liminar pelo juiz de plantão Luiz Felipe de Medeiros Francisco. A ação ainda pede a aplicação de multa diária de R$ 1 milhão em caso de descumprimento. A presidente do Movimento das Donas de Casa, Edy Mussói, disse que "o aumento é abusivo, ainda que considerem um mero cumprimento do contrato".

Agencia Estado,

01 Julho 2003 | 17h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.