finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Consumo de eletricidade cresce nas casas e cai na indústria

O consumo de energia elétrica no País fechou o primeiro semestre de 2003 com variação positiva de 5,3% em comparação com o mesmo período em 2002. O balanço do primeiro semestre e os números referentes ao consumo no mês de junho foram divulgados hoje pelo boletim Mercado preparado pelo Comitê Coordenador do Planejamento da Expansão dos Sistemas Elétricos (CCPE) da Eletrobrás. Segundo o boletim, no mês de junho o consumo cresceu 1,2% sobre junho do ano passado. O crescimento foi puxado principalmente pelo consumo residencial que aumentou em 2,2% sobre o mesmo período em 2002. No primeiro semestre, o consumo residencial acumula alta de 8,1%.O consumo industrial continua estagnado, segundo o boletim. No mês de junho o índice de consumo industrial teve uma retração de 1% em relação a junho de 2002. No semestre, o consumo industrial acumula alta de 2,3% e no acumulado de 12 meses o crescimento é de 8,1% sobre o mesmo período de 12 meses anteriores. No consumo comercial, houve crescimento 2,2% no mês de junho de 2003 sobre junho de 2002. No primeiro semestre, o setor comercial registrou retração de 1% no consumo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.