Consumo de energia cai 3,5% em maio contra abril--ONS

O consumo de energia em maiocaiu 3,5 por cento em relação a abril, mas subiu 3,5 por centocomparado ao mesmo mês do ano passado. Segundo dadospreliminares do Operador Nacional do Sistema, no acumulado dosúltimos 12 meses o consumo registra alta de 3,9 por cento. "Apesar da expansão industrial brasileira, que vem sendoimpulsionada principalmente pelo aquecimento da demandainterna... não estão sendo observados indicadores de evoluçãoda carga de energia elétrcia na mesma intensidade", informou oONS em um comunicado na sexta-feira. Segundo o operador, além de fatores pontuais como a greveda Receita Federal, menos dias úteis e a ocorrência detemperaturas mais amenas, a menor expansão do consumo estásendo motivada pelo uso mais racional e eficiente da energiaelétrica por consumidores industriais. No principal sistema do país, que engloba o Sudeste e oCentro-Oeste, houve queda de 4,3 por cento contra abril e altade 3,4 por cento em relação há um ano. A maior variação anual foi verificada no sub-sistemaNordeste, de 6 por cento comparado a maio de 2007, e uma quedade apenas 0,1 por cento contra o mês anterior. Segundo o ONS, odesempenho reflete o aumento de renda da população. No sub-sistema Norte, a carga de energia subiu 2,8 porcento na comparação anual e 0,9 por cento na mensal, devido àparticipação de consumidores eltrointensivos. No Sul foi verificada a menor expansão, de 1,9 por centocomparado a maio de 2007, e a maior queda em relação a abril,de 5,5 por cento. De acordo com o ONS, a baixa temperatura naregião foi a principal causa desse comportamento. (Por Denise Luna; Edição de Roberto Samora)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.