Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Consumo de energia cresce 4,2% no 3º trimestre

Segundo a EPE, resultado se deve ao desempenho dos setores comercial e residencial

Luciana Collet, da Agência Estado,

28 de outubro de 2011 | 12h49

O consumo nacional de energia elétrica atingiu 108,008 mil gigawatts-hora (Gwh) no terceiro trimestre deste ano, crescimento de 4,2% em relação ao mesmo período de 2010. Somente no mês de setembro, o consumo foi de 36.699 GWh, 4,4% acima do registrado em setembro de 2010, informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Conforme as informações da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, o resultado se deve ao desempenho dos setores comercial e residencial, que cresceram, respectivamente, 8,1% e 6,4% entre julho e setembro, na comparação com os mesmo meses do ano passado.

No que diz respeito ao segmento residencial, a EPE destaca que a evolução foi reflexo, principalmente, das condições de clima no País, quando chuvas intensas e temperaturas mais baixas foram registradas em muitas capitais brasileiras. Em setembro, as famílias brasileiras demandaram 9,494 mil GWh, 6,6% superior ao do mesmo mês de 2010. No acumulado em nove meses, o consumo residencial brasileiro acumula até o momento expansão de 4,8% frente a 2010.

"Corroboram para isso, além do crédito difundido à população, as boas condições do mercado de trabalho, como o rendimento médio real, que cresce desde 2004 (nos números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), e a taxa de desocupação, que declina a cada ano".

No segmento comercial, o consumo de energia elétrica no terceiro trimestre de 2011 registrou 17,6 TWh, com alta de 8,1% ante igual período de 2010, o que representa o melhor desempenho dos últimos cinco anos. A EPE lembra que a atividade do setor comercial vem se expandindo em resposta ao comportamento do consumo de bens e serviços.

Em setembro, o setor consumiu um total de 6,1 mil GWh, o que corresponde a um incremento de 7,8% em relação a igual mês do ano passado. No acumulado do ano, foram consumidos 54,7 mil GWH nas atividades ligadas ao comércio e serviços, 6,5% acima do verificado no mesmo espaço de temo de 2010.

O consumo industrial de energia cresceu 2,4% em setembro, alcançando 15,8 mil Gwh. No terceiro trimestre, a atividade industrial consumiu aproximadamente 920 GWh a mais entre julho e setembro, correspondendo a um crescimento de 2% ante o mesmo período de 2010, repetindo a taxa alcançada no segundo trimestre deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
energiaconsumoEFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.