Consumo de energia cresce 5%

O consumo de energia elétrica no Brasil cresceu 5% nos primeiros sete meses do ano sobre o mesmo período em 2002, segundo o boletim mensal da Eletrobrás, divulgado hoje. O melhor desempenho foi no setor residencial, com crescimento de 7,5%. A indústria teve crescimento de 2% acima dos sete primeiros meses de 2002. Os técnicos da estatal atribuem o fraco desempenho do setor industrial à retração nas atividades, principalmente nos segmentos voltados para a demanda interna, como a áreas de derivados de petróleo, alimentos, cimento e têxteis.No mês de julho, o setor industrial teve crescimento de consumo de 0,9% em relação a julho do ano passado. No acumulado de 12 meses, o crescimento é de 6,8%. Se considerado somente o mês de julho, a alta do consumo de energia no Brasil, somando todos os setores, foi de 3,2% sobre o mesmo período em 2002. Em 12 meses, o crescimento acumulado é de 9,6%. Um dos destaques da estatística é o consumo médio por consumidor residencial, que vinha se mantendo praticamente estável desde março e aumentou em 8,4% na comparação com julho do ano passado.Já o setor comercial registrou crescimento de consumo de energia de 6,3% em julho sobre o mesmo mês em 2002. Nos primeiros sete meses do ano, o comércio teve crescimento de 7,1% e no acumulado de 12 meses, o crescimento foi de 11,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.