Consumo de energia no Brasil sobe 6,5% em março

O consumo de eletricidade no Brasil, impulsionado pelos setores residencial e industrial, subiu 6,5% em março em relação ao mesmo mês de 2005, segundo números oficiais divulgados nesta quarta-feira.De acordo com a estatística mensal do mercado de energia elétrica, produzida pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), do Ministério de Minas e Energia, o País consumiu 29.639 gigawatts-hora (GWh) em março, contra 27.826 GWh no mesmo período de 2005.No acumulado entre janeiro e março, o País consumiu 86.489 GWh, o que mostra um crescimento de 4,5% em relação ao primeiro trimestre de 2005. No trimestre deste ano, o setor comercial registrou um aumento de 7% no consumo, seguido pelos clientes comerciais (4,4%) e os industriais (3%).Em março, os consumidores residenciais foram os que registraram maior crescimento na demanda por eletricidade, com 7,5%. Este avanço superou os 7,1% do segmento comercial, que desde meados de 2005 apresentava um ritmo mais acelerado no mercado elétrico.O número de consumidores residenciais em março chegou a 48,8 milhões, indicando um aumento de 3% em relação a março de 2005 - um aumento líquido de 1,4 milhão de novas linhas residenciais.A indústria, que responde por 44% da energia consumida no Brasil, elevou seu crescimento em 5,9% em março, muito acima do avanço de 1% e 2% registrados em janeiro e fevereiro, respectivamente.O consumo industrial reflete o desempenho desta atividade, que em março reportou uma expansão de 5,2% em comparação com março de 2005, o sexto resultado positivo consecutivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.