Consumo de gás natural cresce 27,9% em abril

O consumo de gás natural no País atingiu, em abril, a marca de 36,7 milhões de metros cúbicos por dia, 1% superior ao volume obtido em março último e 27,9% maior que o de abril de 2003, de acordo com levantamento da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).A expansão, de acordo com a associação, pode ser atribuída à entrada em operação de novas termelétricas e à retomada do crescimento econômico. Mas o segmento residencial teve participação significativa na evolução do consumo de gás no Brasil, com um aumento de 6,3%, em relação a março último, provocado pelas baixas temperaturas, sobretudo na região Sul.A Abegás registrou também um aumento de 11% no consumo de clientes comerciais e de 3,2% no uso de gás pelas usinas termelétricas, na comparação entre abril e março. Mas constatou uma estabilidade no consumo industrial, que apresentou uma taxa negativa de crescimento de 0,1% de março a abril o que, de acordo com técnicos do setor, pode ser atribuído a diferenças no número de dias de leitura. O consumo de gás natural automotivo (GNV) também registrou estabilidade, com um crescimento de 0,5%.RegiõesConsiderando-se as regiões do País, o consumo de gás natural apresentou comportamento difuso em abril, em relação a março. No Nordeste, o uso do insumo energético subiu 2,2%, enquanto que no Sudeste a expansão foi de 1,6%. No Sul, o consumo de gás canalizado manteve-se estável, com uma variação negativa de 0,1%.No Centro-Oeste do País, houve uma queda de 5,3% em abril ante março. Mas, em comparação com abril de 2003, houve um aumento de 356,9%, graças à implantação de termelétricas.

Agencia Estado,

07 de junho de 2004 | 12h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.