Consumo de sacola plástica no Brasil deve encolher 6,7% em 2010

Caso a projeção para 2010 venha a se confirmar, a retração no acumulado desde 2007 deve atingir um total de 3,9 bilhões de sacolas

Agência Estado,

30 de setembro de 2010 | 16h44

As campanhas de conscientização para o uso consciente de sacolas plásticas no varejo brasileiro, associadas à decisão de municípios e estados de restringir o uso do produto, devem levar o consumo de sacolas a encolher em 2010, pelo terceiro ano consecutivo. De acordo com projeções dos organizadores do Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas, a demanda interna deve alcançar 14 bilhões de unidades este ano, uma retração de 6,7% em relação ao total utilizado no ano passado.

Desde o início da implantação do programa, o consumo de sacolas já caiu 2,9 bilhões de toneladas no Brasil. Caso a projeção para 2010 venha a se confirmar, a retração no acumulado desde 2007 deve atingir um total de 3,9 bilhões de sacolas, o equivalente a mais de 20% do consumo reportado naquele ano (17,9 bilhões de sacolas).

O Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas é uma parceria entre a indústria e o varejo, cujo principal objetivo é conscientizar o consumidor para que pratique o consumo responsável, além do descarte adequado das sacolas plásticas. Entre as redes varejistas que participam da iniciativa estão Pão de Açúcar, Zaffari e GBarbosa.

Tudo o que sabemos sobre:
sacola plásticaconsumovarejovendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.