Consumo deve crescer 6,8% este ano; NE se destaca

O consumo dos brasileiros neste ano deve chegar a R$ 1,742 trilhão, 6,8% a mais do que em 2007, com destaque para o Nordeste. Beneficiada pela expansão do emprego, melhora da renda familiar, pelo crediário e pelos programas sociais do governo federal, a região é a que deve ter o maior crescimento de consumo potencial em 2008.Com participação de 18,2% no total nacional de consumo do País, a região neste ano ultrapassará o Sul, que ficará estagnado, com parcela de 16,8%. Esses dados fazem parte estudo ?Brasil em Foco?, realizado pela Target Marketing, empresa especializada em pesquisas de mercado. O trabalhou calculou os gastos em todos os municípios brasileiros com base no chamado Índice de Potencial de Consumo (IPC).O desempenho do Nordeste surpreendeu até mesmo os responsáveis pelo trabalho. ?É um fato inédito desde 1994, quando comecei a cuidar do estudo. O que está ocorrendo é uma redistribuição do consumo com a melhoria da renda?, comentou o diretor e coordenador do levantamento, Marcos Pazzini. A região Sudeste se mantém na liderança, com 51,8% de participação, mas perde fôlego em relação a 2007, quando respondia por 53,2% do potencial de consumo. O Norte também perde espaço e fica com 5,4% de participação, ante 5,6% no ano anterior. A região Centro-Oeste registra um pequeno aumento de participação e passa de 7,6% em 2007 para 7,8% neste ano. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.