Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Consumo industrial de energia cresce mais no interior de SP

Levantamento do consumo de energia elétrica no Estado de São Paulo no primeiro quadrimestre do ano, realizado pela Secretaria de Energia, Recursos Hídricos e Saneamento do Estado, comprova que as indústrias do interior estão à frente das da Grande São Paulo em um processo de retomada do consumo de energia. A demanda de eletricidade da indústria paulista foi, em abril deste ano, 8,6% maior que a do mesmo mês do ano passado, o que representou 44,3% do consumo total de energia no Estado.De acordo com o Boletim Conjuntura Energia de abril, produzido pelos técnicos da secretaria, o consumo industrial de energia elétrica no interior paulista cresceu 6,6% no 1º quadrimestre em relação ao mesmo período de 2003, somando 10.709 gigawatts-hora (GWh).Na Grande São Paulo, o crescimento do consumo industrial foi de 3,3% no período, para um total de 3.504 GWh. Considerando o período de 12 meses encerrado em abril, a secretaria apurou uma expansão de 7,1% do consumo industrial no interior do Estado, enquanto na capital o aumento foi de 2%.PerspectivasO presidente da CPFL Energia, Wilson Ferreira Júnior, trabalha com a expectativa de que 2004 será, dentro de um processo de recuperação dos níveis de consumo de energia no pós-racionamento, o ano de uma retomada da demanda do segmento industrial, que já exibiu expansão no ano passado, e do segmento comercial.Para o próximo ano, a expectativa é de que o consumo residencial volte a níveis observados antes do racionamento. "Temos registrado um consumo residencial médio de 160 quilowatt-hora (kWh) por cliente; antes do racionamento, a média era de 220 kWh", acrescentou.

Agencia Estado,

09 de junho de 2004 | 14h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.