Conta de luz em Goiás fica mais barata

As contas dos clientes residenciais da Companhia Energética de Goiás (Celg) serão reduzidas em 0,95% a partir desta sexta-feira. A decisão foi anunciada hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pois a distribuidora goiana se encontra inadimplente. Só depois de regularizar esses pagamentos, a empresa terá direito ao aumento médio de 10,99%, autorizado pela agência de acordo com o reajuste anual previsto no contrato.A Aneel também anunciou o reajuste de 24,60% para as tarifas da Companhia Hidroelétrica São Patrício (Chesp), também de Goiás. Mas como ela compra energia da Celg as tarifas só podem subir 19,63%. A Celg fornece energia para 1,7 milhão de unidades consumidoras em 237 municípios em Goiás, incluindo a capital Goiânia. A Chesp atende 25 mil unidades consumidoras em 10 municípios também de Goiás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.