Conta de viagens tem saldo negativo de US$ 4,25 bi

A conta de viagens internacionais teve, em 12 meses encerrados em abril, o maior saldo negativo desde fevereiro de 1998, de US$ 4,256 bilhões. Nesse período, o total de dólares deixado no País por estrangeiros foi recorde desde 1947, de US$ 5,279 bilhões. Mas os gastos de brasileiros no exterior também foram recordes: US$ 9,535 bilhões.Segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, o déficit crescente da conta de viagens reflete a combinação de câmbio valorizado com aumento na renda dos brasileiros. Mas ele destacou que o aumento nas receitas de viagens é um dado positivo, que é conseqüência da melhora na infra-estrutura turística brasileira.Em abril, a conta de viagens internacionais teve saldo negativo de US$ 500 milhões. Em maio, até ontem, a conta acumulava saldo negativo de US$ 478 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.