carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Contas externas do Brasil têm o maior saldo positivo da história

A conta de transações correntes do balanço de pagamentos do Brasil com o exterior apresentou em 2005 o superávit recorde de US$ 14,199 bilhões. É o maior valor já registrado na série histórica desse indicador econômico, que data de 1947. O resultado acumulado no ano é equivalente a 1,79% do PIB. Em 2004, o superávit em transações correntes foi de US$ 11,711 bilhões, o correspondente a 1,94% do PIB. Já a conta de capital e financeira - que, juntamente com a conta de transações correntes, compõe o balanço de pagamentos - no ano passado, foi negativa em US$ 8,808 bilhões.Em dezembro, a conta de transações correntes apresentou o superávit de US$ 570 milhões, valor inferior ao registrado em dezembro de 2004, quando as transações correntes ficaram positivas em US$ 1,206 bilhão.A conta de capital e financeira registrou saldo negativo de US$ 10,792 bilhões, em dezembro, devido, fundamentalmente, à antecipação de amortização da dívida do governo brasileiro, junto ao Fundo Monetário Internacional, no valor de US$ 15,5 bilhões.Superávit no balanço de pagamentos em 2005O balanço de pagamentos do Brasil fechou 2005 com superávit de US$ 4,319 bilhões. O resultado é quase o dobro do registrado no ano anterior, quando o saldo ficou positivo em US$ 2,244 bilhões.Em dezembro do ano passado, o balanço de pagamentos registrou um déficit de US$ 10,675 bilhões, provocado, em sua maior parte pelo pagamento da dívida do Brasil com o Fundo Monetário Internacional, da ordem de US$ 15,5 bilhões.O que é balanço de pagamentos?O balanço de pagamentos é o registro contábil de todas as transações de um país com outros países do mundo. Ele é formado pela balança de transações correntes e a balança de capitais.A balança comercial (exportações - importações), a balança de serviços (Fretes pagos e recebidos de navios estrangeiros, juros de empréstimos estrangeiros, lucros remetidos e recebidos do exterior, etc.) e as transferências unilaterais (donativos) formam a balança de transações correntes. Já a balança de capitais é representada pelo capital das firmas estrangeiras que ingressam no País, o capital estrangeiro que ingressa sob a forma de empréstimos, os empréstimos do FMI, etc.).Dívida externaEntre os meses de janeiro e outubro do ano passado, houve uma diminuição de US$ 19,972 bilhões no total da dívida externa brasileira. De acordo com o Banco Central, em outubro, a dívida externa do País estava em US$ 181,402 bilhões, resultado US$ 19,972 milhões inferior ao registrado em dezembro 2004, quando o valor ficou em US$ 201,374 bilhões.

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2006 | 12h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.