André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Contas externas do País têm superávit de R$ 1,3 bi em maio

No ano, rombo nas contas externas soma US$ 11,334 bilhões, informou o Banco Central nesta quarta-feira

Fabrício de Castro e Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2020 | 12h49

BRASÍLIA - Após o superávit de US$ 3,840 bilhões em abril, o resultado das transações correntes ficou novamente positivo em maio, em US$ 1,326 bilhão, informou nesta quarta-feira, 24, o Banco Central. A autarquia projetava para o mês passado superávit de US$ 3,1 bilhões na conta corrente.

No acumulado do ano até maio, o rombo nas contas externas soma US$ 11,334 bilhões. A estimativa atual do BC é de déficit em conta corrente de US$ 41 bilhões em 2020, mas essa projeção foi divulgada no fim de março, quando os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia ainda não eram claros. O dado será atualizado na quinta-feira, 25, na divulgação do Relatório Trimestral de Inflação.  

Nos 12 meses até maio deste ano, o saldo das transações correntes está negativo em US$ 42,447 bilhões, o que representa 2,54% do Produto Interno Bruto (PIB). 

A balança comercial registrou saldo positivo de US$ 4,205 bilhões em maio, enquanto a conta de serviços ficou negativa em US$ 1,717 bilhão. 

Investimentos estrangeiro

Em um ambiente de incertezas sobre o futuro da economia do País, diante da pandemia e da crise política no governo de Jair Bolsonaro, os Investimentos Diretos no País (IDP) somaram US$ 2,552 bilhões em maio, no menor montante para um mês de maio desde 2018, quando foi de US$ 2,004 bilhões.     

No acumulado do ano até maio, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo somou US$ 20,595 bilhões. A estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 60,0 bilhões. 

No acumulado dos 12 meses até maio, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 67,495 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.