Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Contas públicas têm déficit de R$ 17,4 bilhões em fevereiro

Em janeiro, havia sido registrado superávit de R$ 46,940 bilhões

Lorenna Rodrigues e Fernando Nakagawa, O Estado de S.Paulo

28 Março 2018 | 12h01

BRASÍLIA - O setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou déficit primário de R$ 17,414 bilhões em fevereiro, informou o Banco Central. Em janeiro, havia sido registrado superávit de R$ 46,940 bilhões e, em fevereiro de 2017, déficit de R$ 23,468 bilhões.

+ ‘Não existe ajuste fiscal sem reforma da Previdência’

 

O resultado primário consolidado do mês passado ficou dentro do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que apontavam déficit de R$ 20 bilhões a R$ 13 bilhões. Mas o déficit foi maior que a mediana das previsões, negativa em R$ 16,7 bilhões. 

+ Sem Repetro, leilão de petróleo pode ser esvaziado

O resultado fiscal de fevereiro foi composto por um déficit de R$ 19,005 bilhões do Governo Central (Tesouro, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o resultado positivamente com R$ 2,030 bilhões no mês, sendo que os Estados registraram superávit de R$ 1,224 bilhão e os municípios tiveram resultado positivo de R$ 806 milhões. As empresas estatais registraram déficit primário de R$ 438 milhões. O déficit primário do setor público consolidado considerado pelo governo é de R$ 161,3 bilhões para 2018.

+ Negociação entre Boeing e Embraer está concentrada na área da defesa

As contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 94,300 bilhões em 12 meses até fevereiro, o equivalente a 1,43% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central. O déficit primário do setor público consolidado considerado pelo governo é de R$ 161,3 bilhões para 2018.

O déficit fiscal nos 12 meses encerrados em fevereiro pode ser atribuído ao rombo de R$ 98,440 bilhões do Governo Central (1,49% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 4,005 bilhões (0,06% do PIB) em 12 meses até fevereiro. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 3,689 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 315 milhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 135 milhões no período.

Mais conteúdo sobre:
Tesouro Nacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.