Contêineres em porto do RS cresceram 29% em 2000

O Terminal de Contêineres do Porto de Rio Grande do Sul (Tecon) registrou aumento de produtividade e de movimentação de carga no ano passado. Foram movimentados 178 mil contêineres em 2000, 29% a mais do que no ano anterior. Esse total mais que triplicou em relação ao resultado de 1997, quando passaram pelo Tecon gaúcho 57 mil contêineres. De acordo com a assessoria do Tecon, que prevê aumento de produtividade em 2001, a melhoria dos serviços se deve à utilização de novos equipamentos e à modernização do terminal. De 1998 a 2000, o Tecon recebeu investimentos de US$ 51 mi da International Finance Corporation (IFC), braço financeiro do Banco Mundial, para modernizar as instalações. As metas da IFC prevêem movimentação de 200 mil contêineres/ano, devendo incrementar principalmente o transporte de produtos industriais de alto valor agregado. A produtividade do terminal duplicou entre 97 e 2000. Na média, no ano passado, o Tecon movimentou 28 contêineres por hora, com picos de 55 movimentos/hora, 10% a mais do que em 99. Em 97, a média era de 14 movimentos/hora. O número ainda está abaixo da média internacional, que é de 60 contêineres/hora. A assessoria do Tecon prevê aumento da produtividade em 2001. As cargas mais movimentadas no terminal no ano passado foram fumo, arroz, calçados, resinas, móveis, frango, borracha, couro e produtos de soja.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.