Contração do comércio global pode superar 6%, diz Banco Mundial

O comércio global deve contrair mais de 6 por cento em 2009, mas pode retomar o crescimento no ano que vem, disse o economista-chefe do Banco Mundial, Justin Lin, nesta quinta-feira.

REUTERS

04 de junho de 2009 | 13h35

Mas os ganhos recentes nos mercados acionários podem apontar para o início da recuperação econômica global, disse Lin à Reuters durante visita à Polônia.

"Uma contração no comércio global pode ser maior que os 6 por cento que esperávamos inicialmente", disse Lin em entrevista.

Em março, o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, disse que as expectativas para o volume do comércio mundial são de uma queda de 6 por cento este ano, o maior declínio em 80 anos.

A Organização Mundial do Comércio (OMC) avaliou que a retração em 2009 pode chegar a 9 por cento.

Questionado sobre se o comércio global pode retomar o território positivo em 2010, Lin afirmou: "Sim, existem sinais animadores, no entanto ainda existem perigos e incertezas."

"No passado, os mercados acionários tendiam a se recuperar geralmente entre 6 e 9 meses antes que a economia real. Esse pode ser o caso agora. Existem preocupações... mas o mundo pode se recuperar ainda este ano", acrescentou.

(Reportagem de Karolina Slowikowska e Marcin Goclowski)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCOMERCIOBIRD*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.