Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Contramedidas na crise

Coincidência ou não, mais uma vez o governo paulista atua na contramão do governo federal. Em 2009, enquanto o governo do ex-presidente Lula desonerava do IPI os produtos da linha branca, como forma de incentivar o consumo na crise, São Paulo fazia exatamente o contrário. O Estado incluiu os mesmos produtos que a União desonerou no regime de substituição tributária, o que representou aumento de carga. Na época, até o ministro da Fazenda, Guido Mantega, criticou publicamente a medida.

O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2011 | 03h03

Agora, no entanto, a Fazenda paulista foi cuidadosa, ao programar a elevação da base de cálculo do ICMS da linha branca para só depois do término da isenção federal, a partir de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.