Contrato de petróleo rompe barreira de US$ 40 por barril

O contrato futuro do petróleo cru para junho rompeu a temida marca de US$ 40,00 por barril, atingindo a máxima de US$ 40,05 por barril, na abertura da sessão regular da New York Mercantile Exchange (Nymex). Logo após atingir os US$ 40,05 por barril, houve uma onda de venda e agora esse contrato é negociado a US$ 39,90 por barril.O comportamento visto na sessão regular confirma a previsão de analistas de que hoje seria o dia em que o petróleo cravaria a marca de US$ 40. O movimento de alta é reflexo de um nervosismo que antecede o final de semana, quando novas ações terroristas ou ataques a países produtores de petróleo podem acontecer.Na semana passada, cinco norte-americanos e um saudita morreram, no sábado, em um ataque a uma concessionária de exploração petrolífera na Arábia Saudita. Esse background faz com que os investidores não queiram entrar no fim de semana em posição vendida em petróleo ? apostando na queda do preço do óleo.O movimento de alta do petróleo já era observado no sistema eletrônico da Nymex e na International Petroleum Exchange (IPE), em Londres. Agora, o contrato brent para junho é negociado em alta de 1,42%, a US$ 37,05 por barril, na IPE. Veja mais informações sobre o assunto no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.