Contribuição reduzida atrai 800 mil para o INSS

Cerca de 800 mil pessoas se filiaram à Previdência Social entre abril e setembro por meio do plano simplificado, que tem alíquota de contribuição reduzida, de 11% sobre um salário mínimo, informou ontem o ministro da Previdência, Luiz Marinho.Desse universo, entretanto, cerca de 500 mil são considerados novos contribuintes ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), já que cerca de 300 mil pessoas já contribuíam como autônomos, pagando a alíquota de 20%. Essas pessoas optaram por migrar para o plano mais barato, sem direito à aposentadoria por tempo de contribuição, que, em geral, paga valores mais altos.Marinho evitou avaliar se o número de filiações ficou dentro das expectativas do governo, alegando que não foram fixadas metas no lançamento do plano simplificado, em 1º de abril. Ele anunciou que o governo prepara para 2008 uma campanha de divulgação dessa alternativa para adesão à Previdência.''''Embora não tenhamos metas, há espaço para mais filiações, mas precisaremos fazer uma campanha de mídia e divulgação'''', observou o ministro, que ontem participou de homenagem à 25ª milionésima segurada do INSS.O plano simplificado de 11% sobre o mínimo representa desembolso de R$ 41,80 por mês, 45% menos do que a contribuição mais baixa até então disponível para os autônomos, que era de R$ 76, o equivalente a 20% do mínimo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.