Controladora da Airbus anuncia plano de cortar até 850 empregos

Segundo a empresa, objetivo é reduzir custos e aumentar competitividade 

Sergio Caldas, da Agência Estado,

30 de novembro de 2012 | 16h08

PARIS - A European Aeronautic Defence & Space (EADS), controladora da Airbus, anunciou hoje que sua unidade Cassidian planeja eliminar até 850 empregos como parte de uma estratégia para reduzir custos e aumentar sua competitividade.

Com os cortes, que ocorrerão principalmente nas áreas administrativa e gerencial, a Cassidian espera economizar pelo menos 200 milhões de euros (US$ 260 milhões) anualmente até 2014, segundo comunicado da EADS.

A Cassidian, que já é relevante em mercados europeus como os da Alemanha, França, Espanha e Reino Unido, pretende fortalecer sua presença no Oriente Médio, Brasil, Índia e EUA, informou a EADS. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Airbuscortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.