Controladora da Bombril é declarada insolvente na Itália

O grupo italiano Cirio Finanziaria SpA, que no Brasil é o controlador da Bombril, foi declarado insolvente pelo não pagamento de 150 milhões de euros referentes à captação de recursos feitos através de eurobônus. As negociações das ações da companhia na Bolsa de Milão já estavam suspensas há três dias, por causa do não pagamento da dívida, cujo vencimento aconteceu no último domingo. Um comunicado da Cirio afirma que a empresa pretendia honrar metade do débito com recursos próprios e renovar o financiamento da outra metade, o que não foi possível. O grupo ainda tem outros empréstimos, com vencimentos entre 2003 e 2006, que totalizam 1,175 bilhão de euros.Controlado pelo polêmico empresário italiano Sergio Cragnotti, o grupo Cirio tem no ramo de alimentação o seu principal negócio. Mas também atua no futebol, sendo controlador da Lazio, um dos principais time do futebol italiano, igualmente em crise financeira. No Brasil, chegou a ter a sua marca estampada na camisa do São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.