bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Controladora do ''WSJ'' tem prejuízo de US$ 6,4 bilhões

News Corp. estuda fazer novos cortes e anunciou congelamento de salários por um ano na Dow Jones

AGÊNCIAS INTERNACIONAIS, O Estadao de S.Paulo

06 de fevereiro de 2009 | 00h00

O grupo de mídia News Corp., do magnata australiano Rupert Murdoch, registrou no trimestre encerrado em dezembro uma perda de US$ 6,4 bilhões, provocada principalmente pela baixa contábil de ativos do grupo, especialmente nas unidades de televisão e de jornais. Essa baixa levou a uma depreciação de US$ 8,4 bilhões nos ativos do grupo.De acordo com a empresa, desconsiderando-se essa depreciação, o resultado seria um lucro de US$ 320 milhões - mesmo assim, bem abaixo dos US$ 832 milhões ganhos no mesmo período do ano anterior. A receita total da News Corp. no período foi de US$ 7,9 bilhões, inferior aos US$ 8,6 bilhões do trimestre encerrado em dezembro de 2007.Murdoch, presidente e diretor executivo do grupo, disse que a economia tinha se deteriorado mais rápido do que ele esperava nos últimos três meses. "Nossos resultados para o trimestre são um reflexo direto do sombrio clima econômico", disse. "Apesar de termos projetado um enfraquecimento, o declínio é mais severo e provavelmente mais longo do que pensamos anteriormente." Ele também sugeriu que poderia haver cortes de empregos. "Estamos implementando rigorosos cortes de gastos em todas as operações e reduzindo o número de funcionários onde for apropriado", disse. A empresa também anunciou que pouco mais de 20 vagas foram cortadas no Wall Street Journal por meio de programa de demissão voluntária e eliminação de posições em aberto. Entre os ativos do grupo estão as emissoras de televisão Fox e Fox News, o estúdio de cinema 20th Century Fox e a Dow Jones, que edita o jornal The Wall Street Journal, além do site da rede de relacionamento MySpace. SALÁRIOSApós o anúncio do prejuízo da News Corp., a Dow Jones anunciou que vai congelar por um ano os salários de todos os empregados não sindicalizados. Além disso, a direção da empresa pediu uma medida similar também para os empregados sindicalizados - isso teria de ser negociado com os sindicatos.A Dow Jones informou ter alcançado todas as suas agressivas metas de redução de custos e de expansão, um ano após ter sido adquirida, por cerca de US$ 5 bilhões, pela News Corp. O grupo de Murdoch disse esperar agora alcançar economias adicionais de US$ 40 milhões no ano fiscal que se encerra em junho de 2010, embora tenha afirmado que vai continuar investindo em áreas estratégicas. O grupo informou também já ter fechado três de suas 17 unidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.