bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Controladores do WestLB arcam com prejuízo do banco por crise

Os donos do banco alemão WestLB sereuniram para apoiar o abatido credor estatal, arcando com oque o banco afirmou ser um prejuízo de 1 bilhão de euros (1,47bilhão de dólares) em 2007 e baixas contábeis dessa proporçãovindas na onda da crise de crédito. O anúncio ocorreu nesta segunda-feira, um dia depois que areguladora financeira da Alemanha, a Bafin, e o banco centraldo país, o Bundesbank, foram à reunião de emergência docontroladores do WestLB para examinar como estabilizar ofinanciador. A Alemanha foi um dos países mais afetados pelo aperto nomercado de crédito, densencadeado pela crise das hipotecas derisco (subprime), que quase derrubou dois bancos do país eafetou diversos mais. O WestLB afirmou que seus controladores -- os bancos depoupança local e o governo do estado do Norte Rhine-Westphalia-- iria arcar com as perdas. Eles estão prontos para um fusão com um rival, ofinanciador estatal Helaba, e querem acelerar a mudança dobanco, o que poderia acarretar numa redução de 30 por cento dos6 mil funcionários do banco, segundo uma fonte próxima aoscontroladores. No domingo o presidente do Bundesbank, Axel Weber, e ochefe do Bafin, Jochen Sanio, inesperadamente apareceram para oencontro dos controladores do WestLB, reunidos para discutir arecuperação do banco, o que ilustra a urgência da situação. O WestLB, que possui uma série de veículos de investimentoincluindo SIV (veículos de investimento estruturado) com umvolume de cerca de 25 bilhões de euros, possui valor de 7bilhões de euros.

JOHN O'DONNELL, REUTERS

21 de janeiro de 2008 | 08h22

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSWESTLBAPOIO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.