Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Copa das Confederações pode ajudar na arrecadação

O secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, espera que a Copa das Confederações "ajude bastante" na arrecadação. "Se houver crescimento do consumo pela atividade, o recolhimento ocorrerá no mês de julho", disse a jornalistas, nesta segunda-feira, 24, ao comentar os dados de maio do Fisco.

LAÍS ALEGRETTI E RENATA VERÍSSIMO, Agencia Estado

24 de junho de 2013 | 16h37

O secretário disse que "o mês de junho é mês de festa" e citou São João e Copa das Confederações. Questionado quais seriam os tributos mais relevantes, ele citou Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e PIS/Cofins, que incidem sobre bebidas. "A expectativa é de que a arrecadação aconteça dentro da perspectiva de crescimento de 3% a 3,5%", afirmou.

Quanto à perspectiva para a arrecadação deste mês, Barreto respondeu apenas que "até agora não houve surpresa".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.