Copa poderá ser vista em TV 3D

Vinte e cinco jogos serão filmados com a tecnologia, num momento em que os novos televisores começam a ser vendidos no País

Renato Cruz, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2010 | 00h00

Se você acabou de comprar uma TV de tela plana com alta definição plena (em inglês, full HD), a notícia não é muito boa: em meados do próximo mês começam a chegar às lojas brasileiras os aparelhos que pertencem à próxima onda tecnológica, a da televisão em três dimensões (3D). Seu televisor já não é o que há de mais avançado no mercado.

A Copa do Mundo da África do Sul marcará o lançamento global da nova tecnologia. Vinte e cinco jogos serão filmados em 3D pela Sony, mas pouca gente verá essas imagens em casa. Pelo menos no Brasil. A TV aberta não possui um canal para o sinal 3D, e a TV paga deve fazer uma transmissão para poucos - além de ser preciso um aparelho de TV 3D será necessário ter um conversor específico para usar o recurso. Num primeiro momento, os conteúdos virão principalmente de discos Blu-ray e de videogames como o PlayStation 3.

Fabricantes. Pelo menos três fabricantes, Samsung, LG e Sony, anunciaram modelos para o Brasil. Os televisores da Samsung estão em exposição em duas lojas da rede Fnac em São Paulo e os da Sony podem ser vistos numa das lojas da própria marca, também em São Paulo.

"É bem impactante", afirma a estudante Julia Magrin, que testou a TV 3D numa loja, na quarta-feira. Sua amiga Ângela Pimentel também gostou, mas observa: "Acho que não aguentaria ficar assistindo por muito tempo." O aparelho em exposição, com 46 polegadas, começará a ser vendido na segunda quinzena de maio, a R$ 7,4 mil. O modelo mais barato da Samsung vai custar R$ 6,7 mil, na versão com 40 polegadas.

"A expectativa é muito grande", diz Rafael Cintra, gerente sênior de TVs da Samsung. Os televisores virão com um par de óculos. Cada par adicional custará entre R$ 230 e R$ 250, dependendo do modelo. Quem tem tocador de Blu-ray terá de trocar seu aparelho para conseguir ler os novos filmes em 3D.

Segundo a consultoria IT Data, as vendas de TVs já subiram por causa da Copa. No primeiro bimestre, foram vendidos cerca de 1 milhão de aparelhos de LCD e plasma. No mesmo período de 2009 haviam sido comercializadas cerca de 500 mil unidades. "As vendas de LCD subiram 120%", diz o consultor Marcelo Locci, da IT Data. "As de plasma registraram até um decréscimo", informa.

Segundo Fernanda Summa, gerente de Televisores da LG, em ano de Copa a sazonalidade se inverte. "A Copa já está muito boa", afirma. "Em outros anos, o segundo semestre costuma ser mais forte, por causa do Natal, concentrando 55% das vendas. Este ano, deve ser o contrário, com 55% no primeiro semestre."

Foram vendidos cerca de 8,6 milhões de aparelhos de TV em 2009, sendo que 60% foram de tubo. Neste ano, o mercado deve crescer para 10 milhões de unidades, com somente 40% de tubo. A participação das TVs 3D deve ser pequena. Os modelos da LG chegam ao mercado em junho.

Aposta. A Sony tem uma aposta grande em 3D, que não se resume aos televisores. A empresa também fabrica equipamentos de produção, além de ser dona de estúdios de cinema. "Temos uma solução de 3D de ponta-a-ponta", diz Lúcio Pereira, gerente de Comunicação da Sony. A empresa desenvolveu as câmeras usadas pelo cineasta James Cameron no filme Avatar.

A empresa tem um acordo de US$ 305 milhões com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), que começou em 2007 e termina em 2014. "O principal momento desde a assinatura do acordo será agora, na África do Sul", afirma Pereira.

A Sony será a responsável por filmar os 25 jogos em 3D. Segundo o executivo, ainda não foram assinados contratos para transmissão no Brasil. A Globo já anunciou que negocia a exibição de jogos da Copa em 3D em "ambientes exclusivos e fechados".

A Sony vai exibir trechos com os melhores momentos dos jogos, um dia depois de acontecerem, no Fifa Fun Fest, evento que será realizado na praia de Copacabana, no Rio, em um telão de 280 polegadas.

CRONOLOGIA

Mudanças na telinha

1970

Ao vivo

A Copa do Mundo de 1970 foi a primeira a ser transmitida ao vivo, via satélite, para todas as capitais do País, ainda em preto e branco

1974

Em cores

A televisão em cores estreou no Brasil dois anos antes da Copa de 1974, com a escolha do sistema PAL-M

2002

Alta definição

As primeiras transmissões em alta definição do campeonato mundial de futebol aconteceram em 2002, mas os brasileiros não puderam ver, porque a TV em HD estrearia no Brasil somente cinco anos depois.

2010

Três dimensões

Vinte e cinco jogos da Copa serão filmados em três dimensões. Apesar disso, para a maioria dos brasileiros, a novidade será assistir aos jogos em alta definição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.