Copa puxa aumento de 22,15% das passagens aéreas no IPCA-15

Salvador registrou maior elevação, com aumento de 37,39% nas tarifas aéreas

Daniela Amorim, Agência Estado

18 de junho de 2014 | 09h49

A Copa do Mundo aumentou a demanda por voos e fez os preços das passagens aéreas subirem 22,15% em junho, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) divulgado nesta quarta-feira, 18, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As passagens aéreas tiveram o maior impacto de alta na inflação medida pelo indicador no mês, uma contribuição de 0,09 ponto porcentual para a alta de 0,47% no IPCA-15 do período.

Na região metropolitana de Salvador, o aumento nas tarifas aéreas chegou a 37,39%. Goiânia teve a segunda maior elevação nos preços, de 33,87%, seguida pelo Rio de Janeiro, com alta de 33,53%. O menor resultado foi observado em Belém, onde o aumento nas passagens foi de apenas 4,13%.

O encarecimento das tarifas aéreas fez com que o grupo Transportes deixasse a deflação de 0,33% em maio para uma alta de 0,50% em junho. O resultado também teve contribuição dos aumentos nas passagens de ônibus urbano (1,05%) e conserto de automóvel (1,23%), apontou o IBGE.

Na direção oposta, os combustíveis voltaram a ficar mais baratos, os preços, que tiveram queda de 0,20% em maio, registraram nova redução de 0,90% em junho. A gasolina teve redução 0,35% (ante queda de 0,03% em maio), enquanto o preço do etanol caiu 3,50% (ante queda de 1,13% no mês anterior).

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãocopa 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.