Copersucar e Cargill começam a operar joint venture de açúcar em outubro

As gigantes do agronegócio Copersucar e a Cargill pretendem começar a operar sua nove joint venture de comercialização de açúcar no mercado global em 1º de outubro, disseram as empresas nesta quarta-feira.

REUTERS

20 de agosto de 2014 | 10h11

A nova empresa foi batizada de Alvean e já recebeu todas as autorizações regulatórias necessárias, disseram as companhias.

O negócio foi anunciado em março deste ano. Cargill e Copersucar terão participação de 50 por cento cada uma na Alvean.

"Estou confiante de que estamos iniciando uma jornada emocionante, que vai remodelar o setor de açúcar", disse Ivo Sarjanovic, presidente da Alvean.

A joint venture deverá reforçar a posição das duas sócias no mercado internacional de açúcar.

A Copersucar é a maior comercializadora global de açúcar integrada à produção e a maior exportadora brasileira do produto, enquanto a Cargill, com sede nos Estados Unidos e faturamento de 137 bilhões de dólares com diversos negócios agropecuários, origina açúcar nos principais países produtores ao redor do mundo, incluindo o Brasil.

(Por Gustavo Bonato e Caroline Stauffer)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSACUCARALVEAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.